Desafios do ensino de telejornalismo em tempos de pandemia:

o ensino remoto para pessoas com deficiência

Autores

Palavras-chave:

Ensino de telejornalismo, Contexto de pandemia, Acessibilidade

Resumo

A educação é um direito de todos. E pessoas com deficiências têm esse direito garantido legalmente na Constituição Federal de 1988 e na Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (nº 13.146/2015). Em tempos de pandemia do coronavírus, as aulas nas instituições de ensino superior passaram a ser efetivadas de forma remota e se tornaram desafiadoras para professores e discentes. O desafio se torna ainda maior quando envolve alunos com algum tipo de deficiência. Diante disso, o presente artigo tem como objetivo refletir sobre as dificuldades e soluções encontradas no ensino de telejornalismo, neste contexto, com foco na observação das metodologias adotadas para proporcionar o aprendizado acessível. Vamos abordar as ações inclusivas realizadas na Unipampa e da UFPel. E vamos nos deter nas práticas inclusivas da UFCA.

Biografia do Autor

Paulo Eduardo Lins Cajazeira, UFPEL

Pós-doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior – Portugal. Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC de São Paulo. Mestre em Comunicação e Linguagens pela UTP/PR. Graduado em Comunicação Social - Jornalismo pela PUC do Paraná. Professor Associado da Universidade Federal de Pelotas – UFPel. Líder do Grupo de Pesquisa: Laboratório de Pesquisas Avançadas em Jornalismo - LAPAJOR/CNPq/UFPel.  E-mail: paulo.cajazeira@ufca.edu.br.

Michele Negrini, UFPEL

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Maria; mestre em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul; e doutora em Comunicação pela Pontifícia Universidade Católica do RS. Realizou estágio pós-doutoral no programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas, da UFBA. Professora do curso de Jornalismo da Universidade Federal de Pelotas. Integrante do núcleo de pesquisadores do Grupo Interinstitucional de Pesquisa em Telejornalismo (GIPTele).E-mail: mmnegrini@yahoo.com.br.

Roberta Roos, Unipampa

Jornalista. Doutora em Comunicação pela UFSM. Professora da Universidade Federal do Pampa - Campus São Borja. Integrante do núcleo de pesquisadores do Grupo Interinstitucional de Pesquisa em Telejornalismo (GIPTele), do Grupo de Pesquisa Comunicação Televisual - COMTV e do grupo Jornalismo em Redes e Convergência. E-mail: robertaroosthier@gmail.com.

Downloads

Publicado

2022-01-02

Edição

Seção

Artigos