Feminismo e resistência

três décadas de construção discursiva pelo jornalismo

Autores

Palavras-chave:

movimento feminista, jornalismo, discurso, história, metodologia

Resumo

Os rastros da história das lutas das mulheres e do movimento feminista estão inscritos no jornalismo, que institui as questões numa ordem discursiva particular e assim contribui para a constituição dos sentidos que circulam no social. Dois objetivos principais foram constituídos nesta trabalho: 1) identificar de forma preliminar aspectos discursivos presentes nos conteúdos jornalísticos sobre esses temas em três décadas de cobertura jornalística do jornal A Gazeta (ES), e 2) explorar métodos de investigação dos discursos em grandes bases de dados com ferramentas digitais, que permitam iluminar fenômenos comunicacionais e sociais em linhas temporais mais longas. Tomamos como fundamento teórico o conceito de discurso proposto por Foucault, que destaca sua dimensão dispersiva e fragmentada. As mais um mil matérias selecionadas para esta pesquisa revelam marcas das formações discursivas que sustentam a compreensão sobre as lutas das mulheres e o feminismo que ganham a esfera pública por meio do jornalismo

Biografia do Autor

Ruth Reis , Universidade Federal do Espírito Santo

Doutora em Comunicação pela UFRJ, com estágio de pós-doutorado em Comunicação no Instituto Universitário de Lisboa, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (ECA-USP). Professora do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), na área de Jornalismo, e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Territorialidades. Coordenadora do grupo de estudos em Comunicação, Cultura e Discurso (Grudi-Ufes). Superintendente de Comunicação da Universidade Federal do Espírito Santo (2020-atual).

Viviane Ramos Machado

Mestre em Comunicação e Territorialidades pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Graduada em Comunicação Social, habilitação Jornalismo na Ufes (2015). Atua na área da Comunicação Social. como gerente de Comunicação na Clarke Energia (2020-atual). Atuou como editora-adjunta e repórter do Portal G1 no Espírito Santo (2013-2020) e como professora na FAESA (2019-2020). Interesses em Tecnologia, Marketing Digital, Análise do Discurso, Jornalismo Online e Jornalismo de Dados.

Downloads

Publicado

2022-01-02

Edição

Seção

Artigos